Farmácia Hospitalar

O mais completo conteúdo de Farmácia Hospitalar

Atribuições

A Farmácia Hospitalar permite ao profissional farmacêutico o exercício quase que pleno de suas atribuições profissionais, tendo em vista seu âmbito que permeia várias áreas afins tais como farmacologia(farmácia clínica), manipulação(fracionamento, dose unitária), administração(Gestão), legislação(portaria 344, NPP, Qt), dispensação, dentre outras.O Farmacêutico Hospitalar exerce funções que vão desde o gerenciamento dos estoques – Logística, até os procedimentos relacionados mais diretamente com o paciente.
Há muita confusão e mal entendido sobre Atenção Farmacêutica e Farmácia Clínica, porque no Brasil, foram temas adequados à nossa realidade.
Os modelos ‘standard’ vindos da Europa e EUA foram traduzidos e reinventados por nós, e com muita competência e sucesso, em muitos locais.Mas em determinadas situações houve uma total desproporcionalidade nas ações e contextos.

SEGUEM ABAIXO AS PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DE UM FARMACÊUTICO HOSPITALAR

• SELEÇÃO/AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS, GERMICIDAS E CORRELATOS;
• ARMAZENAMENTO, CONTROLE DE ESTOQUE E DISTRIBUIÇÃO DOS MEDICAMENTOS E CORRELATOS;
• ADOÇÃO DE SISTEMA EFICIENTE E SEGURO DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS AOS PACIENTES INTERNADOS E AMBULATORIAIS;
• FARMACOTÉCNICA
• FRACIONAMENTO DE DOSES;
• CONTROLE DE QUALIDADE;
• PRODUÇÃO;
• ELABORAR MANUAIS TÉCNICOS E FORMULÁRIOS;
• MANTER MEMBRO PERMANENTE NAS COMISSÕES;
• ATUAR JUNTO À CENTRAL DE ESTERILIZAÇÃO;
• ATUAR NOS ESTUDOS DE ENSAIOS CLÍNICOS E FARMACOVIGILÂNCIA;
• EDUCAÇÃO CONTINUADA;
• ESTIMULAR A IMPLANTAÇÃO DA FARMÁCIA CLÍNICA;
• ATIVIDADES DE PESQUISA;
• DESENVOLVIMENTO E TECNOLOGIA FARMACÊUTICA;

Updated: 13 Março, 2015 — 1:08 AM
Farmácia Hospitalar © 2018 Frontier Theme