Farmácia Hospitalar

O mais completo conteúdo de Farmácia Hospitalar

Farmácia Clínica

Atenção Farmacêutica : uma necessidade para o ramo varejista

Em uma época onde cada vez mais se acirra a competição entre as drogarias e farmácias, com preços muito parecidos, embora com descontos cada vez maiores, é chegado o momento do diferencial para o ramo varejista.Esta grande diferença, está sem dúvida, no atendimento.

Segundo pesquisas de marketing, o preço não é mais o grande diferencial, fica em 3º lugar, atrás do atendimento e da confiança(credibilidade).

Atender um cliente, dispensar um medicamento, é muito mais do que apenas vender,dar algumas (poucas) orientações.Envolve também um trabalho que,aliado ao que foi executado pelo médico lá no consultório, contribuirá e muito, para o sucesso da terapêutica adotada.Chega a contribuir para a qualidade de vida do paciente.

Sendo assim, a presença e participação do farmacêutico na Farmacoterapia adotada pelo médico,é muito importante.Poucos locais no Brasil prestam esse tipo de serviço,mas em outros países, funciona ,e bem.

A este serviço , chamamos de Atenção Farmacêutica.Segue definição abaixo.

Atenção Farmacêutica :É uma ciência da saúde, cuja responsabilidade é assegurar, mediante aplicação de conhecimentos e funções relacionadas com o cuidado do paciente, que o uso dos medicamentos seja seguro e apropriado, e que necessita de uma educação especializada e/ou treinamento estruturado. Requer que a coleta e interpretação de dados seja criteriosa, que exista motivação pelo paciente e que existam interações multiprofissionais”.

A Atenção Farmacêutica trata de uma relação de comprometimento, de relação, do farmacêutico com o paciente, é uma garantia que é dada pelo profissional farmacêutico ao tratamento iniciado pelo médico.

Não pode, de forma alguma, interferir no tratamento do médico, indicar medicamentos, enfim alterar a Farmacoterapia,mas deve participar fazendo acompanhamento, monitorando, esclarecendo, orientando.

Uma das situações que ocorrem com maior freqüência são os PRMs( problemas relacionado aos medicamentos), destacando as RAMs(reações adversas aos medicamentos).Nesses casos, a atuação do Farmacêutico é importantíssima.

PRMs são problemas de saúde, entendidos como resultados clínicos negativos, derivados da farmacoterapia que, produzidos por diversas causas, conduzem à não consecução do objetivo terapêutico ou ao aparecimento de efeitos não desejados.

Os PRMs causam um controle inadequado da enfermidade ,além de efeitos não desejados;

Ao surgirem, podem ser identificados pelo Farmacêutico Clínico (Atenção Farmacêutica), em alguns casos, até solucionados.

A Atenção Farmacêutica contribuirá também para que alguns acontecimentos não ocorram no tratamento de alguma patologia, como por exemplo:

  • Omissão de dose
  • Redução de dose
  • Suspensão da medicação
  • Aumento de dose
  • Erros posológicos
  • Administração incorreta
  • Auto-medicação

 Enfim, em um futuro muito próximo, muitas drogarias e farmácias estarão prestando este tipo de serviço, será vital para elas.

 Gustavo Alves Andrade dos Santos

Updated: 13 Março, 2015 — 1:05 AM
Farmácia Hospitalar © 2018 Frontier Theme