Farmácia Hospitalar

O mais completo conteúdo de Farmácia Hospitalar

1 de Dezembro – Dia Mundial de Combate a AIDS

Desde a emergência da AIDS, há 35 anos, a comunidade internacional pode olhar para trás com algum orgulho mas ainda é necessário olhar para a frente com determinação e comprometimento para alcançar nosso objetivo de acabar com a epidemia de AIDS até 2030.

Houve progressos na luta contra a doença. Mais pessoas estão sendo tratadas. Desde 2010, o número de crianças infectadas pela transmissão de mãe para filho diminuiu à metade. A cada ano menos pessoas morrem de doenças relacionadas à AIDS. E as pessoas que têm o vírus HIV vivem mais.

O número de pessoas com acesso a medicamentos dobrou nos últimos cinco anos e agora chega a 18 milhões. Com os investimentos certos, o mundo pode entrar para a Via Rápida (Fast-Track) de Aceleração da Resposta para alcançar nosso objetivo de 30 milhões de pessoas em tratamento até 2030. O acesso aos medicamentos contra o HIV para prevenir a transmissão de mãe para filho agora está disponível para 75% das mulheres necessitadas.

Enquanto este progresso é claro, os ganhos permanecem frágeis. As jovens mulheres são especialmente vulneráveis em países com alta prevalência do HIV, especialmente na África subsaariana. Populações-chave continuam a ser desproporcionalmente afetadas pelo vírus.

Na sua primeira década, grupos afetados pela epidemia se recusaram a aceitar falta de ação, mediocridade ou fraqueza na resposta à AIDS. A coragem deles levou a progressos na garantia de saúde a mulheres e crianças, diminuindo custos de medicamentos capazes de salvar vidas e dando voz a quem não podia falar. Devemos todos nos unir no mesmo espírito intransigente. Neste Dia Mundial Contra a AIDS.

 

Updated: 16 Novembro, 2018 — 10:06 PM
Farmácia Hospitalar © 2018 Frontier Theme